As cirurgias do contorno corporal incluem a lipoaspiração (lipo ou lipoescultura), a abdominoplastia (plástica do abdômen) e a mamoplastia (plástica das mamas e silicone). A segurança nas cirurgias de contorno corporal deve ser prioridade número um dos serviços de cirurgia plástica, especialmente por se tratarem de pacientes saudáveis submetidos a operações eletivas.

Segundo o Guideline¹ americano de 2013, que trata do assunto “Segurança em Cirurgia Plástica”, fatores como técnica cirúrgica, seleção e preparo do paciente, tipo de anestesia, volume de gordura aspirada na lipo, tamanho e tempo de cirurgia, qualificação dos profissionais e estrutura do local onde é realizado o procedimento são pontos importantes a se considerar. A presença ou não de CTI (Centro de Terapia Intensiva) ou UTI (Unidade de Terapia Intensiva) não é mencionada como fator de segurança para pacientes saudáveis submetidos a cirurgias de pequeno e médio porte, como é o caso do universo de pacientes submetidos a cirurgias plásticas.

A cirurgia plástica, de uma maneira geral, é muito segura, desde que realizada respeitando todas as recomendações de segurança e performada em hospital ou clínica especializada.

E-book Cirurgias do contorno corporal

A lipo e a cirurgia do abdômen, em BH, podem ser feitas com os mais altos padrões de segurança na Tempo Cirurgia Plástica. Conheça!

Referências bibliográficas:

1 -Guideline Summary: Evidence-based patient safety advisory: liposuction. [American Society of Plastic Surgeons]. info@guideline.gov (NGC) 2013