Olhar caído e com aparência cansada. É muito comum a busca das mulheres para tratar esse problema através da blefaroplastia, cirurgia da pálpebra, que corrige o seu caimento e as tão temidas bolsas ao redor dos olhos. Mas o que muita gente não sabe é que esse procedimento vai muito além dos motivos estéticos, tratando também a ptose.

A ptose é uma enfermidade que afeta os músculos, provocando o seu caimento. E o olhar abatido não é o único sintoma. O caimento da pálpebra pode trazer problemas de visão e até mesmo de dores de cabeça constantes, já que com a visão limitada o paciente tende a forçar mais as vistas.

A causa mais conhecida desse fenômeno é o envelhecimento da pele. Porém, o caimento pode ser motivado pelas seguintes situações:

Involucional: com o passar da idade os músculos vão enfraquecendo e pouco a pouco o envelhecimento da pele traz o caimento das pálpebras.

Mecânica: essa situação é evidenciada pelo excesso de pele nas pálpebras. Em alguns casos pode até chegar ao ponto e cobrir parte do olho, comprometendo principalmente a visão superior e lateral do paciente.

Neurológica: é quando o surgimento da ptose é ocasionado por doenças. Uma delas é a miastenia gravis, enfermidade que leva à interrupção da comunicação do sistema nervoso com os músculos, que, ao ficarem enfraquecidos, causam a queda das pálpebras.

Congênita: a ptose também pode acompanhar o paciente desde o seu nascimento. Nesses casos a malformação dos músculos faz com que as pálpebras não abram totalmente. A ptose genética causa problemas na visão para a vida toda, como a miopia, hipermetropia e a ambliopia (olho preguiçoso).

A conversa com um médico é essencial para identificar a causa e o grau da ptose. Para a neurológica o tratamento deve ser realizado com um neurologista. Nos outros casos é indicada a cirurgia da pálpebra que melhora a saúde e a estética do olhar a partir do reposicionamento dos músculos.

Seja por motivos de estética ou de saúde, a Tempo Cirurgia Plástica, em BH, acredita que a cirurgia da pálpebra só deverá ser feita quando for trazer uma série de benefícios para as suas pacientes, como melhora da autoestima e mais qualidade de vida.