À medida em que alguns tratamentos vão se tornando mais conhecidos, começam a surgir mitos a respeito. Por exemplo, algumas pacientes acreditam que após a primeira aplicação do botox, é obrigatório continuar com as aplicações para evitar a flacidez da pele.

Isso não é verdade! Muito antes pelo contrário, esse tipo de aplicação pode, inclusive, disfarçar defeitos por flacidez na pele.

A aplicação da toxina botulínica apresenta um efeito preventivo a longo prazo. A duração do efeito é de 4 a 6 meses, por isso é indicada a reaplicação a cada 6 meses.

É bom lembrar que o botox é ideal para as pessoas que ainda não precisam ou não desejam ser submetidas a procedimentos cirúrgicos. Ele ajuda a retardar, manter e até a reverter os sinais de envelhecimento com muita eficácia.

Nos últimos anos, a aplicação da toxina botulínica tem sido considerada um dos métodos mais eficazes de rejuvenescimento facial. Estudos sérios, consagrados e feitos de modo idôneo vem demonstrando sua excepcional eficácia e segurança para fins médicos. Após um período que varia de 4 a 18 meses, toda a toxina é eliminada e seus efeitos sobre o organismo revertidos sem resíduos, sequelas ou consequências futuras.

Como em qualquer tratamento, o importante é respeitar o período mínimo considerado seguro entre as aplicações. A idade não é o fator mais crítico, mas sim a real necessidade de cada pessoa.

O novo Centro de Estética da Tempo Cirurgia Plástica oferece esse e outros tratamentos de forma personalizada, com ótimos resultados. Entre em contato conosco clicando aqui.