Nós, mulheres, costumamos ser mais interessadas e bem informadas sobre questões como saúde, alimentação, beleza. Também somos mestras em trocar dicas e conselhos, seja no salão, no supermercado, na academia.

Um assunto que está sempre em pauta e que gera muitas dúvidas é a diferença entre botox e preenchimento. Vale a pena conhecer o que cada um desses procedimentos pode fazer por você. E pelas suas amigas.

Antes de mais nada, saiba que existem dois tipos de rugas: as dinâmicas e as estáticas.

As rugas dinâmicas são aquelas responsáveis pelas marcas de expressão, causadas pela mímica. Aquele “franzido” na testa – entre as sobrancelhas, e os “pés de galinha”, que se formam na região dos olhos são dois exemplos. Nesses casos, o recomendado é a aplicação da toxina botulínica. A substância age bloqueando a atividade dos músculos onde é aplicada. O impedimento da contração muscular causa um relaxamento dos músculos e da pele. O efeito não é imediato, a medicação precisa de um tempo entre 48 a 72 horas para agir.

Já as rugas estáticas são aquelas que podem ser vistas mesmo com o rosto relaxado. O famoso bigode chinês e as regiões ao redor e nos cantos dos lábios são tipos característicos dessas rugas . O preenchimento facial, preferencialmente com o ácido hialurônico, é o melhor método estético para tratá-las. Ele vai “encher” os vincos e sulcos, deixando-os mais suaves e rasos.

A duração média da aplicação da toxina botulínica é de 4 a 6 meses e a do preenchimento facial é em torno de um ano. Em ambos os casos, tudo depende de cada pessoa.

A Tempo Cirurgia Plástica oferece os tratamentos de forma personalizada e busca a suavidade e naturalidade dos resultados. Clique aqui e entre em contato conosco.