A gravidez representa, para toda mulher, um momento especial de autodescoberta e de experiência profunda da feminilidade. No entanto, a alegria da maternidade costuma vir acompanhada por medos e dúvidas relacionadas ao universo da estética e da beleza: pode pintar o cabelo? Como prevenir as estrias? Os seios vão ficar flácidos? Como ganhar peso com saúde? E o que eu devo fazer para recuperar o corpo de antes?

Ao longo dos nove meses de espera, especialistas orientam que as futuras mamães mudem um pouco a rotina de cuidado com o cabelo, corpo, rosto e com a alimentação.  Apresentaremos abaixo uma listinha com o que deve e o que não deve ser feito para garantir a saúde da mulher e do bebê, durante e após a gestação.

Cabelos

- Evitar tinturas até a 20ª semana de gestação. Após esse período, optar por produtos sem amônia ou chumbo para que o cabelo volte ao tom natural.

- Para as adeptas das luzes, o procedimento é proibido durante o primeiro trimestre. A partir do 4ª mês, o retoque é permitido, a uma distância de dois centímetros da raiz.

- Escova progressiva (ou similares) não é permitida.

- Usar sempre xampus suaves e hipoalergênicos e evite secadores e chapinhas.

Rosto

- Produtos anti-idade devem ser excluí-los da rotina durante os nove meses. Isso porque a maioria contém ácido retinóico, causador de má formação no feto.

- Utilizar vitamina C para prevenir melasma gestacional e rugas.

- O uso de protetor solar continua sendo obrigatório, já que a mudança hormonal propicia o aparecimento de manchas.

- Limpezas de pele e peeling também devem ser evitadas.

Corpo

- Hidratar a pele diariamente para evitar o aparecimento de estrias.  Atenção: os cremes não podem conter ureia, chumbo e cânfora.

- As aréolas mamárias devem ser preparadas para a amamentação ao final da gestação por meio de exposição solar por dez minutos ao dia, antes das 10h ou após as 16h. Nunca aplique hidratantes nos mamilos.

- Tratamentos estéticos com lasers, luz intensa pulsada, peelings químicos, toxina botulínica e preenchedores são contraindicados. Já a drenagem linfática está liberada.

Alimentação

- O recomendável é ingerir de 50 a 60% das calorias diárias na forma de carboidrato, de 25 a 35% em gorduras e 20% em proteínas.

- Aves, carnes, salsichas, peixes e frutos do mar devem ser consumidos com moderação, e sempre bem cozidos.

- Evitar ovos crus, derivados de leite não pasteurizado e mercúrio, presente em alguns tipos de peixe.

- Moderar a ingestão de cafeína e álcool. E lembre-se: refrigerante à base de cola e chocolate também contém uma parcela de cafeína.

Se você está à espera de um bebê, siga as orientações acima e consulte seu médico regularmente ao longo desses nove meses. Desfrute desse momento único com alegria e tranquilidade, sem preocupações excessivas. Caso necessário, e após o parto, a equipe da Tempo Cirurgia Plástica poderá oferecer informações sobre cirurgias de contorno corporal (lipoaspiração e abdômen) e cirurgias de mama para que as mamães fiquem ainda mais lindas.