A maioria das mulheres começa a sentir os sinais do tempo por volta dos 30 anos.  É durante essa década que as primeiras rugas se tornam perceptíveis e surge também a preocupação em usar produtos que retardam o envelhecimento facial.

Pequenas mudanças na rotina já contribuem para manter a pele jovem por mais tempo. Que tal começar por essas?

Hidratação e limpeza na medida certa
Com o envelhecimento, a pele tende a ficar mais seca e a hidratação se torna indispensável. Porém, não é preciso abusar, já que o uso de muitos cremes pode ter efeito contrário ao esperado. Nos banhos, evite que a água muito quente caia sobre o rosto para não ressecar a pele.

Fique longe do cigarro
Todo mundo sabe dos malefícios do cigarro, mas é preciso ressaltar que o tabaco prejudica a pele e deixa os fumantes com a aparência mais velha.

O sol pode ser o seu amigo
O sol é um dos principais fatores que causa o envelhecimento da pele mas, na medida certa, é um aliado da saúde e traz muitos benefícios, como a reposição da vitamina D. A exposição deve ser feita antes das 10h e após as 16h, sempre com uso de protetor solar e por no máximo 30 minutos.

Peelings são bem-vindos
Para que a pele se renove regularmente é preciso recorrer a peelings para a retirada das células mortas. Além de ajudar no combate às rugas, as sessões contribuem para uma pele mais lisa e livre de manchas.

Maneire nas bebidas
O álcool em excesso pode alterar a produção de enzimas no organismo e facilitar o surgimento de radicais livres que causam o envelhecimento.

O botox como prevenção
Muito se engana quem acha que o botox só é utilizado quando já há uma grande quantidade de rugas. A toxina botulínica não só reduz as rugas dinâmicas, aquelas ocasionadas devido à atividade muscular, como também evita o aparecimento de novas.

Quer mais dicas para melhorar a qualidade da sua pele? Leia o texto que o Dr. Thiago Degani preparou para você.