Se você acompanha o nosso blog, certamente já ouviu falar da cirurgia do abdômen, também chamada de abdominoplastia. Mas você sabia que existe uma variação desse procedimento, a abdominoplastia em âncora (flor de lis)?

A principal diferença entre a abdominoplastia convencional e a abdominoplastia em âncora está na cicatriz. Enquanto a primeira tem apenas um componente horizontal, a segunda possui uma linha horizontal e outra vertical, lembrando um “T” invertido ou uma “âncora”. Veja a diferença na imagem abaixo:

abdominoplastia

Indicação

A técnica flor de lis é mais indicada para pacientes que passaram por uma perda de peso muito grande, quando a sobra de pele é maior. Assim, a cirurgia possibilita a retirada dessa pele também nas laterais do abdômen. Outra indicação frequente é quando o paciente já apresenta outra cicatriz vertical, proveniente de uma cirurgia bariátrica.

Vale ressaltar que nenhuma das técnicas da abdominoplastia é indicada para pacientes que possuem o desejo de emagrecer. Já para a retirada de pequenos acúmulos de gordura, tanto a abdominoplastia em âncora quanto a abdominoplastia convencional podem ser combinadas com uma lipoaspiração.

E-book Cirurgias do contorno corporal

Melhorar o contorno corporal com a abdominoplastia

Independentemente da técnica empregada na abdominoplastia, o paciente precisa buscar informações para se sentir seguro da sua decisão. Pensando nisso, a Dra. Júnea Araújo preparou um vídeo explicando cada detalhe do procedimento. Veja:

Ainda tem alguma dúvida sobre a cirurgia do abdômen? Não deixe de entrar em contato com a nossa equipe médica.