O momento pós-operatório é fundamental para o sucesso de uma cirurgia.  Na lipoaspiração não é diferente: para alcançar resultados satisfatórios e também assegurar a segurança da paciente, é necessário seguir uma série de cuidados. Veja os principais:

1. Uso adequado das cintas e talas

Durante a primeira semana de recuperação, é indicado o uso de uma espuma por baixo da cinta modeladora. Logo após esse período, a espuma é trocada por uma espécie de tala, que deve ser usada até completar 30 dias. Como o período de pós-operatório é marcado pelo inchaço do local, todo esse cuidado é importante para evitar o aparecimento de marcas na pele.

2. Drenagem linfática
 
A drenagem linfática, procedimento que aumenta a velocidade do fluxo linfático, deve ser iniciada no terceiro dia de recuperação da lipoaspiração. O tratamento ajuda na prevenção de fibroses e promove um conforto maior.

3. Hidratação da pele

A pele da paciente precisa de uma melhor hidratação após a cirurgia de lipoaspiração, já que a recuperação da elasticidade da pele pode demorar até um ano.

E-book Cirurgias do contorno corporal

4. Retornos pós-operatório

É necessário que a paciente volte ao consultório para que o médico possa acompanhar a recuperação e ver se tudo está bem. O retorno pós-operatório também é uma oportunidade para relembrar as orientações e tirar eventuais dúvidas que surgiram.

Quer saber um pouco mais sobre a cirurgia? Então descubra “3 mitos e 3 verdades sobre a lipoaspiração“.

Se quiser conversar com a gente, é só ligar no número (31) 3261-0055 ou enviar uma mensagem através do WhatsApp (31) 99968-6444.