As cirurgias plásticas estéticas, se realizadas respeitando de forma rigorosa todos os protocolos de segurança, são muito seguras, principalmente por serem operações de superfície corporal, não manipulando órgãos vitais.

Isso possibilita que duas ou mais cirurgias estéticas sejam realizadas em um mesmo ato operatório, maximizando os benefícios de uma cirurgia segura.

As associações de cirurgias estéticas mais comuns são:

 

1. Mamoplastia de aumento e lipoescultura

Muito comum entre pacientes jovens. Especial atenção deve ser dada à prevenção de trombose e ao volume de lipoaspiração que não deve ultrapassar 5l.

2. Mastopexia e abdominoplastia

Associação extremamente comum entre mulheres que já tiveram filhos e buscam uma nova aparência para abdômen e seios. Especial atenção deve ser dada à prevenção de trombose, ao volume de lipoaspiração que não deve ultrapassar 5l e ao tempo de cirurgia que não deve ser ultrapassar 6h.

3. Cirurgias de contorno corporal e cirurgias da face

Os exemplos mais comuns são:

- mamoplastia e rinoplastia;
- mamoplastia e otoplastia;
- lipoaspiração e rinoplastia;
- lipoaspiração e otoplastia.

4. A ninfoplastia, cirurgia que consiste na remoção de pele dos lábios vaginais, por ser rápida e praticamente sem morbidade, pode ser associada com qualquer outra cirurgia estética.

 

Por outro lado, a associação de cirurgias plásticas com cirurgias ginecológicas e ortopédicas não são recomendadas, devido ao aumento significativo da incidência de complicações pós-operatórias como infecções e trombose venosa profunda.

Para maiores informações e para agendar uma avaliação, entre em contato pelo Whatsapp (31) 99968-6444 ou ligue (31) 3658-6444.

O dr. Thiago Degani é cirurgião plástico membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, especialista em cirurgias do contorno corporal e rejuvenescimento facial.