No processo de envelhecimento, observa-se, entre outras modificações, a perda de volume ósseo e gorduroso em toda a face, especialmente nas maçãs do rosto, nos lábios e no queixo.

A reposição do volume perdido pode ser feita por meio de técnicas cirúrgicas e não cirúrgicas, utilizando-se vários preenchedores.

Os mais usados para rejuvenescimento facial são o ácido hialurônico e a própria gordura do paciente, cada qual mais bem indicado em situações distintas.

Segue abaixo uma análise das principais indicações do uso do ácido hialurônico de da gordura como preenchedores faciais:

 

O ácido hialurônico é idealmente empregado nas seguintes situações:

1 – Lábios:

O preenchimento nos lábios requer extrema precisão tanto no posicionamento anatômico quanto no volume aplicado, o que é muito bem obtido com o ácido hialurônico.

2 – Lift facial não cirúrgico:

Nas técnicas de lift facial não cirúrgico, emprega-se ácido hialurônico de alta densidade a fim de reconstruir a estrutura facial perdida com o envelhecimento. Nesses casos, a gordura, por ser mais macia, é menos efetiva na estruturação facial.

3 – Rugas finas superficiais:

Para tratar rugas finas, o ideal é usar ácido hialurônico (do tipo skin booster), pois este, ao contrário da gordura, pode ser aplicado em plano intradérmico, bem superficial.

 

O preenchimento com gordura é idealmente empregado nas seguintes situações:

1 – Preenchimento de grandes volumes:

A necessidade de grandes volumes de preenchimento, como no caso de pacientes muito magras e atletas, torna o uso de ácido hialurônico pouco atrativo do ponto de vista de custo-benefício. Nesses casos, é melhor realizar o preenchimento com gordura que, além de definitivo, pode ser obtido em grandes volumes na maioria dos pacientes e ainda tem a vantagem de poder ser associado ao uso de PRP (plasma rico em plaquetas). Este é obtido pela centrifugação do sangue do paciente e é rico em fatores de crescimento que potencializam o poder rejuvenescedor do preenchimento de gordura.

2 – Preenchimento associado a face lift:

No face lift, cirurgia de rejuvenescimento facial, o preenchedor de escolha é a gordura. O material é usualmente colhido da região abdominal e misturado com PRP.

Além da gordura e do ácido hialurônico, existem inúmeros outros preenchedores faciais. Um exemplo é o ácido polilático (Sculptra), ideal para casos de flacidez de pele em decorrência da perda de colágeno provocada pelo envelhecimento.

Para mais informações e para agendar uma avaliação, entre em contato pelo Whatsapp (31) 99968-6444 ou ligue (31) 3658-6444.

O dr. Thiago Degani é cirurgião plástico membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, especialista em cirurgias do contorno corporal e rejuvenescimento facial.