A Mastopexia é a cirurgia indicada para pacientes que desejam elevar as mamas e pode ser realizada com ou sem silicone dependendo do desejo de cada paciente e das limitações técnicas de cada caso.

Primeiramente é muito importante reforçar que a principal função dos implantes de silicone é a de aumentar o volume das mamas e não, ao contrário do que muitas vezes se pensa, a de evitar que as mamas caiam ou a de endurecê-las. Por outro lado, os implantes mamários promovem o efeito secundário de alterar a forma das mamas, tornando-as com colo mais elevado e arredondado; mais “cheio”.

Isto posto, vamos às situações em que a mastopexia deve, preferencialmente, ser realizada sem silicone:

1. Casos de gigantomastia ou de qualquer mama muito grande. Nesses casos, em decorrência da necessidade de maior manipulação do tecido mamário, o risco de complicações pós-operatórias é maior e a introdução de um implante de silicone aumenta ainda mais a incidência de complicações. Além disso, pacientes com mamas grandes e caídas geralmente desejam mamas menores e seria um contrassenso lançar mão de um recurso cuja função principal é promover um aumento mamário.

2. Casos de cirurgia secundária em que há uma escassez de pele. Pacientes que já se submeteram a uma ou mais cirurgias em que foi retirada pele das mamas e que se apresentam com muito pouca pele mamária devem evitar uma mastopexia com prótese pois isso implicaria em atos cirúrgicos opostos de diminuir o continente (retirar pele) e aumentar o conteúdo (implantar silicone). Nesses casos há o maior risco de abertura dos pontos cirúrgicos.

3.Raros casos de mamas tuberosas. Nas mamas tuberosas frequentemente observa-se aréolas grandes que abrangem a quase totalidade da pele das mamas. Isso torna a retirada de grandes quantidades de pele obrigatória e limita o volume mamário correspondente. Nesses casos, há o maior risco de abertura dos pontos cirúrgicos caso sejam implantadas próteses de silicone.

Na grande maioria dos casos de mastopexia, pode-se realizar a operação com ou sem silicone, mas cada paciente deve ser avaliada e orientada por seu cirurgião a fim de realizar o melhor planejamento cirúrgico possível.

Saiba mais também sobre os casos de Mastopexia com silicone.

 

Para maiores informações e para agendar uma avaliação, entre em contato pelo whatsapp (31) 99968-6444 ou ligue (31) 3658-6444.

 

O Dr. Thiago Degani é cirurgião Plástico Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, especialista em cirurgias do contorno corporal e rejuvenescimento facial.