O pós-operatório é uma fase de extrema importância para uma cirurgia plástica, pois os resultados esperados só serão alcançados com sucesso caso as recomendações do médico sejam seguidas. Há ainda alguns tipos de cirurgias que exigem cuidados específicos. É o caso da drenagem linfática após a abdominoplastia, que ajuda a melhorar o inchaço que pode surgir nesse período.

Trata-se de um tipo de massagem que elimina o excesso de líquidos e toxinas do organismo por meio do sistema linfático, melhorando a circulação e, desta forma, contribuindo para o conforto após procedimentos como a lipoaspiração e a abdominoplastia, por exemplo.

Portanto, a drenagem linfática após abdominoplastia ajuda não só na recuperação, mas também no resultado final da sua cirurgia.

Veja também: Qual a melhor época para fazer uma cirurgia plástica?

A drenagem linfática após a abdominoplastia é importantíssima e traz inúmeras vantagens, como:

• reduz o desconforto pós-operatório, alivia dores e ajuda na recuperação;
• reduz o edema (inchaço) e melhora a circulação;
• reduz a retenção hídrica;
• reduz as chances de fibroses e aumenta a hidratação e nutrição celular;
• diminui a tensão na cicatriz ao reduzir o edema e faz com que a recuperação do paciente seja mais rápida e tranquila.

Quantas sessões devo fazer de drenagem linfática após abdominoplastia?

A quantidade pode variar de acordo com o metabolismo e com a evolução individual de cada paciente, mas, em geral, são feitas entre 15 e 20 sessões. Na primeira semana, as sessões podem ser feitas todos os dias, preferencialmente.

A partir da segunda semana após a cirurgia, já é indicado intercalar. Como no primeiro mês a tendência é que o inchaço na região seja mais acentuado, é essencial manter sessões constantes de drenagem linfática. Já no segundo mês, a paciente pode investir em sessões semanais.

A drenagem linfática após abdominoplastia não precisa ser restrita ao abdômen. Ela pode se estender para o restante do corpo e estimular a circulação, o que também traz benefícios para a área operada.

Vale reforçar que cada corpo tem uma necessidade especial e as sessões são indicadas de acordo com a evolução individual de cada pessoa, portanto, é fundamental a avaliação do seu médico para indicar quantas sessões serão necessárias para você.

Leia também: Devo usar malhas compressivas depois da cirurgia?

Outro ponto importante é que a drenagem linfática após abdominoplastia deve ser feita com um profissional especializado e experiente em pós-operatórios. Isso porque ele deve saber exatamente os pontos que devem ser tocados e os cuidados que se devem ter com os movimentos para que a sua recuperação não seja prejudicada.

Mas não se preocupe! Seguindo rigorosamente as recomendações do seu cirurgião e os cuidados que listamos neste post, o seu pós-operatório deverá ser tranquilo e rapidamente você estará de volta a sua rotina.

Quer saber mais sobre abdominoplastia e outras cirurgias de contorno do corpo? Converse com a gente pelo WhatsApp (31) 9 9968-6444.