A pele reativa, ou pele sensível, é intolerante e reage de maneira exagerada aos estímulos que, em outros tipos de peles, não provocariam tal reação. Esses estímulos podem ser internos, como o estresse e a ansiedade, ou externos, como produtos cosméticos, traumas e até mesmo água.

Ter uma pele sensível não significa necessariamente ter uma pele alérgica, mas sim que a sua pele é naturalmente mais vulnerável às agressões. As reações incluem vermelhidão, sensação de “repuxamento”, queimação, erupção, descamação, entre outros sintomas.

As causas da pele sensível podem ser variadas

Existe um forte componente genético entre as causas da pele reativa, mas outros fatores contribuem para o agravamento da situação, entre eles:

- contato com alguns produtos, roupas ou substâncias que provocam os sintomas. O componente de algum produto cosmético, por exemplo, ou tecidos podem causar prurido e vermelhidão, entre outros;
- vascular, que é quando a parede dos vasos sanguíneos ficam fragilizadas devido à influência de fatores externos;
- ambientais, como frio, vento, falta de umidade, mudanças bruscas de temperaturas e poluição.

Leia também: Quantas vezes ao dia devo lavar o rosto?

Situação é pior durante o inverno

As baixas temperaturas, o tempo seco e o vento frio podem potencializar os sintomas da pele sensível. Eles podem se manifestar nos lábios, rosto, mãos, couro cabeludo e corpo.

Essa também é a época em que as pessoas tomam banhos mais quentes, o que pode contribuir ainda mais para o ressecamento e a irritação da pele, principalmente do rosto.

Veja também: Tratamentos para envelhecimento das mãos.

Como minimizar os sintomas da pele sensível no inverno?

A pele reativa normalmente tem sua barreira de proteção comprometida, e isso faz com que a penetração dos agentes agressivos aconteça com maior intensidade na derme. Além disso, contribui também para que a pele perca com rapidez a sua hidratação natural. Por isso, hidratação é a palavra-chave.

Existem ainda alguns cuidados que você pode ter para se prevenir. Veja:

1. Invista em emulsões para nutrir e acalmar a pele. O ideal é que os hidratantes sejam específicos para peles sensíveis. Para reduzir a probabilidade de irritação, escolha fórmulas em creme (em vez de gel ou loção) e evite produtos com ingredientes potencialmente irritativos como: ureia, mentol, cânfora, álcool, perfumes, peróxidos, ácidos, retinoides e outros.
2. A água termal é uma boa aliada, já que ela reforça a imunidade natural da pele e a hidrata.
3. Evite os banhos muito quentes, use sabonetes em gel, que irritam menos a pele. Prefira os neutros, sem parabenos, álcool, perfume ou qualquer tipo de substância irritativa.
4. Vale a pena usar óleos de banho que ajudam a combater a desidratação.
5. Mesmo nos dias frios, não descuide da proteção solar. Você pode não ver, mas a radiação é capaz de agredir sua pele mesmo nos dias nublados do inverno. Na hora de escolher o filtro solar, opte pelas opções cremosas e livres de álcool na composição. Alguns filtros solares químicos também podem irritar a pele reativa.
6. Suspenda o uso de qualquer produto que cause desconforto. Seque suavemente a área afetada e evite atrito com toalhas, roupas ou esfoliantes.
7. Beba bastante água, afinal, esse é um fator fundamental para manter a pele saudável e bem cuidada.
8. Procure orientação profissional. Existem atualmente avançados procedimentos dermatológicos que amenizam e tratam os sintomas da pele reativa, como medicamentos tópicos e até mesmo lasers.

Leia também: Filtro solar: você sabe a diferença entre filtros físicos e químicos?

Melhor prevenir

Embora o tempo mais frio favoreça o aparecimento dos sintomas na pele sensível, é possível tratá-los e tomar certos cuidados para minimizar esses desconfortos. Com alguns cuidados diários e acompanhamento profissional, pode-se nutrir, acalmar e recompor a pele para que ela não sofra tanto durante o inverno.

O ideal é que os cuidados sejam intensificados mesmo antes de as temperaturas baixarem. Portanto, agende consultas preventivas com o dermatologista e evite as crises mais graves.

Quer agendar uma avaliação dermatológica? Entre em contato conosco pelo WhatsApp (31) 99968-6444.
Gostou das dicas? Acesse nosso blog e leia mais sobre cuidados com a pele.